Home  |  Contato Conosco  |  Quem Somos  |  Blog  |  Links Úteis



A FAMÍLIA REAL

 

Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein assumiu os poderes constitucionais de Rei do Reino Hachemita da Jordânia no dia 7 de Fevereiro de 1999, no dia em que o seu pai, Rei Hussein, faleceu.

Sua Majestade o Rei Hussein bin Talal, pai da Jordânia moderna, irá ser para sempre recordado como um líder que guiou o seu país pelas contendas e tumultos para se tornar num oásis de paz, estabilidade e de moderação no Médio Oriente. Entre os habitantes da Jordânia, a sua memória é acarinhada como inspiração do clima de abertura, tolerância e compaixão da Jordânia. Conhecido pelo seu povo como Al-Malik Al-Insan ("o rei humano"), o Rei Hussein pertenceu à quadragésima segunda geração com descendência directa do Profeta Maomé (que a paz esteja com Ele).

Nascido em Amã no dia 14 de Novembro de 1935, filho do Príncipe Talal bin Abdullah e da Princesa Zein al-Sharaf bint Jamil, o Rei Hussein frequentou o Victoria College em Alexandria, Egipto, e a Harrow School em Inglaterra. Mais tarde, recebeu formação militar na Real Academia Militar de Sandhurst, Inglaterra.

Hussein foi proclamado Rei do Reino Hachemita da Jordânia no dia 11 de Agosto de 1952. Foi constituído um Conselho de Regência até o Rei Hussein subir formalmente ao trono no dia 2 de Maio de 1953, altura em que assumiu os poderes constitucionais, depois de completar dezoito anos de idade, de acordo com o calendário islâmico.

Durante o seu reinado longo e fértil em acontecimentos, o Rei Hussein trabalhou com afinco para construir o seu país e reforçar o nível de vida de todos os habitantes da Jordânia. Desde cedo que o Rei Hussein se concentrou na construção de uma infraestrutura económica e industrial que iria adjuvar e reforçar os avanços que queria na qualidade de vida do seu povo. Durante os anos 60 do século XX, as principais indústrias da Jordânia - incluindo fosfato, potassa e cimento - foram desenvolvidas e foi construída uma rede de estradas no Reino.

A nível humano, os números dos feitos do Rei Hussein falam por si. Em 1950, apenas 10% dos habitantes da Jordânia tinham acesso a água, saneamento e electricidade, mas hoje 99% da população tem acesso a estes bens. Em 1960 apenas 33% dos jordanos sabiam ler e escrever, mas em 1996 esta percentagem subiu para 85,5%. Em 1961, o jordano médio consumia 2198 calorias diárias e, em 1992, este número aumentou em 37,5%, atingindo as 3022 calorias. As estatísticas da UNICEF mostram que entre 1981 e 1991 a Jordânia teve a maior descida anual na taxa de mortalidade infantil - de 70 óbitos por cada 1000 nascimentos em 1981, para 37 por cada 1000 em 1991, o que corresponde a uma descida de 47%. O Rei Hussein sempre acreditou que o povo da Jordânia é o principal activo do país e durante o seu reinado incentivou toda a gente, incluindo os pobres, os incapacitados e os órfãos, para conseguir mais para eles e para o seu país.

O Rei Hussein também se debateu, durante o seu reinado de 47, anos pela promoção da paz no Médio Oriente. O tratado de paz de 1994 assinado entre a Jordânia e Israel é um grande passo no sentido de uma paz justa, abrangente e duradoura no Médio Oriente.

O empenho do Rei Hussein na democracia, nas liberdades civis e direitos humanos lançou a Jordânia no caminho de um Estado modelo para a região. O Rei Hussein casou-se com a Rainha Noor no dia 15 de Junho de 1978. Têm dois filhos Hamzah e Hashem - e duas filhas - Iman e Raiyah: Sua Majestade também deixou uma descendência de três filhos - Abdullah, Faisal e Ali- e cinco filhas - Alia, Zein, Aisha, Haya e Abeer - de três casamentos anteriores. No final da sua vida, o Rei Hussein foi um orgulhoso avô de um grande número de netos.

Durante a sua vida, Sua Majestade o Rei Hussein, foi um desportista ávido. Era um aviador bem sucedido, motociclista e piloto de carros de corrida e também gostava de desportos aquáticos, de fazer sky e de jogar ténis.

Nascido em Amã a 30 de Janeiro de 1962, Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein é o filho mais velho de Sua Majestade o Rei Hussein, entretanto falecido, e de Sua Alteza Real a Princesa Muna Al Hussein. Iniciou a sua formação primária no Islamic Educational College de Amã e mais tarde frequentou a St. Edmund's School em Surrey, Inglaterra. Durante o secundário, frequentou a Eaglebrook School e Deerfield Academy nos Estados Unidos da América.

Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein frequentou a Royal Military Academy Sandhurst no Reino Unido em 1980 e foi promovido a segundo tenente em 1981. Posteriormente foi nomeado Líder das Tropas de Reconhecimento do 13.º/18.º Batalhão de Royal Hussars (exército inglês) na Alemanha Ocidental e Inglaterra. Em 1982, Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein frequentou a Universidade de Oxford onde concluiu um curso de Estudos Especiais em Assuntos do Médio Oriente com a duração de um ano. Depois de regressar ao seu país, Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein alistou-se nas Forças Armadas Jordanas.

Para além da sua carreira como oficial do exército, Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein serviu a Jordânia por variadas vezes na qualidade oficial de Regente na ausência do falecido Rei Hussein e viajou regularmente em missões oficiais. Foi proclamado Príncipe da Coroa no dia 24 de Janeiro de 1999 por Decreto Real. Também assumiu o cargo de Príncipe da Coroa, pelo nascimento, por Decreto Real até 1 de Abril de 1965.

Desde que ascendeu ao trono, Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein deu continuidade aos esforços do seu falecido pai no sentido de criar um papel de moderação forte e positivo para a Jordânia na região árabe e no mundo e trabalha com o intuito de alcançar uma solução justa e duradoura para o conflito israelo-árabe. Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein está empenhada em continuar o legado do falecido Rei para institucionalizar o pluralismo democrático e político na Jordânia. Tem envidado os melhores esforços para assegurar níveis sustentáveis de crescimento económico e desenvolvimento social, com o objectivo de melhorar a qualidade de vida de todos os jordanos. Também está a trabalhar no sentido de modernizar a tecnologia de informação e os sistemas educativos da Jordânia.

Durante o reinado do Rei Abdullah, a Jordânia entrou na Organização Mundial do Comércio e ratificou acordos no sentido de estabelecer uma Zona de Comércio Livre com os Estados Unidos da América, com a União Europeia, com os países da Associação Europeia de Comércio Livre e com dezasseis países árabes. Tem trabalhado para reforçar as liberdades civis, o que faz da Jordânia um dos países mais progressistas do Médio Oriente. Para além disso, tem estado envolvido na adopção dos diplomas legais necessários para que seja garantido às mulheres um papel pleno na vida socio-económica e política do Reino.

Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein casou com a Rainha Rania no dia 10 de Junho de 1993. O Casal Real tem dois filhos, o Ríncipe Hussein, nascido a 28 de Junho de 1994 e a Princesa Hashem, nascida no dia 30 de Janeiro de 2005 e duas filhas, a Princesa Iman, nascida a 27 de Setembro de 1996 e a Princesa Salma, nascida a 26 de Setembro de 2000. O Rei tem quatro irmãos e seis irmãs.

Sua Majestade o Rei Abdullah II bin Al Hussein tem várias condecorações de diferentes países. É condutor, piloto e paraquedista de queda livre habilitado. Interessa-se ainda por corridas de automóveis, desportos aquáticos, mergulho e coleccionismo de armas antigas.

Informação da cortesia de www.kingabdullah.jo

Para mais informações sobre a Família Real, consulte estes websites:

www.kingabdullah.jo
www.queenrania.jo