Home  |  Contato Conosco  |  Quem Somos  |  Blog  |  Links Úteis



Religião E Fé


Passado bíblico

Apesar de a cidade de Irbid não ter, em si própria, vestígios do passado bíblico, o mesmo não se pode dizer das áreas envolventes, a norte e a oeste, em especial Umm Qays e Pella que têm um passado mencionado nos textos bíblicos e onde podemos encontrar muitas igrejas bizantinas.

Umm Qays

O Antigo Testamento conta que Jesus visitou Gadara (Umm Qays) e curou dois homens ao pé dele, transferindo as suas almas maléficas para uma vara de porcos que se mandaram para o Lago de Genesaré. Este milagre assustou o povo de Gadara e, por essa razão, revelaram um comportamento hostil para com Jesus e pediram-Lhe que regressasse à Galileia.

O Cristianismo não se propagou com rapidez entre os gadarenos devido ao seu acérrimo paganismo. Quando o Cristianismo foi declarado religião oficial do Império Bizantino, Gadara participou no Concílio de Niceia em 325 d.C. e foi construída uma igreja com cinco naves durante o mesmo século no cimo do mausoléu romano subterrâneo para testemunhar a vitória do Cristianismo sobre o Paganismo romano. Também poderá ter sido construída para homenagear os gadarenos cristãos torturados e martirizados em 303 d.C., durante o tempo do Imperador Romano Diocleciano.

Há uma caverna conhecida entre os habitantes de Umm Qays como caverna de Issa (Jesus ou Issos) a cerca de quatro quilómetros para oeste de Umm Qays e os seus cidadãos crêem que - tal como lhes disseram os seus antepassados - Jesus permaneceu nessa caverna, quando se deslocou até Umm Qays, para libertar os seus habitantes do paganismo.

A região de Pella

desempenha um papel vital no dia-a-dia de Pella e hoje podemos visitar as ruínas de três igrejas. A primeira igreja é a Igreja Oeste. Foram colocadas três colunas dos claustros no seu lugar original. A Igreja Este fica num pequeno socalco sobranceiro a Pella.

A maior e mais importante igreja bizantina de Pella é a Igreja do Complexo Cívico. Ao que tudo indica, foi usada pelos devotos cristãos nos inícios do período Islâmico, mas foi abandonada após um terramoto. Durante o período mameluco, foi construída uma mesquita e hoje podemos ver as suas ruínas em Pella.
 



À procura do Islão

Em Agosto de 635 d.C., face à expansão muçulmana, o imperador bizantino Heráclio reuniu um grande exército, liderado pelo seu irmão Teodoro, que combateu o exército muçulmano na Batalha de Yarmouk. Este local fica nas margens do Rio Yarmouk na ponta norte da Jordânia. O exército muçulmano estava em grande desvantagem numérica, mas o seu comandante, Khalid bin Al-Walid, conduziu-os à vitória. Esta batalha deu aos muçulmanos o controlo da Grande Síria e.

Mazar Al-Shamali, perto de Irbid, tem um templo em honra do Profeta David. Enquanto criança, derrotou Golias com uma funda e tornou-se no segundo Rei de Israel após Sha'ul (Saul). Para além disso, David foi um dos apóstolos a quem as sagradas escrituras foram reveladas. David passou o tempo na Jordânia de candeias às avessas com Saul, bem como posteriormente nas campanhas militares.

O túmulo do venerável companheiro Abul-Darda está situado num edifício moderno na aldeia de Soam Al-Shunnaq, perto de Irbid. Um dos companheiros mais devotos e piedosos, Abul-Darda esteve sempre ao lado do Profeta. Abul-Darda destacou-se pela sua superioridade em memorizar, narrar e transmitir a mensagem do Profeta Maomé. Abul-Darda participou nas campanhas militares e foi posteriormente nomeado governador da província do Bahrein.
 



Experiências em Irbid
Informações Importantes